Desafios para a mudança

02/07/2018

Desafios para a mudança

Introdução: Talvez a canção mais conhecida dos últimos tempos seja a do Regis Danese: "Entra na minha casa, entra na minha vida, mexe com minha estrutura, sara todas as feridas..."

Texto base: Lucas 19.1-10 (O encontro entre Jesus e Zaqueu)

Quem era Zaqueu? Qual a primeira coisa que vem à mente quando se lembra desse nome?

Chefe dos publicanos, rico, de pequena estatura.

Estudar alguns detalhes sobre Zaqueu nos ajudará a entender o motivo pelo qual algumas pessoas têm dificuldades pra passar por mudanças em sua vida:


1- Publicano:Ser publicano era uma coisa muito complicada naquela época, porque o publicano era um cobrador de impostos.

  • Traidor: O publicano cobrava impostos para entregar para os Romanos, porém ele, o publicano era judeu, então ele era visto como um traidor do seu povo, já que ele cobrava impostos do seu próprio povo para entregar aos romanos que eram o povo dominador.
  • Corrupto: Alguns deles cobravam a mais, cobravam impostos indevidos, não repassavam os impostos...

O publicano sempre era uma pessoa malvista. Zaqueu tinha essa marca sobre a vida dele, ele era marcado por causa da sua profissão. Já que você é um publicano então você é desonesto, já que você é um publicano então você não presta...

Ser marcado é algo terrível, isso nos atrapalha de crescer na vida, talvez você seja uma pessoa marcada.

Algumas coisas que fazem com que pessoas recebam marcas:

  • Marcadas porque cometeu um erro;
  • Marcado porque já falhou...
  • Quem sabe você é marcado no seu casamento porque já falhou com o cônjuge;
  • Quem sabe já cometeu uma traição;
  • Quem sabe você já quebrou com uma empresa;
  • Marcado como aquele que não dá certo,
  • Marcado como aquele que nunca conclui;
  • Marcado como aquele que não vai pra frente.

Essas marcas não fazem bem, essas marcas sufocam as pessoas, não é porque errou que vai errar sempre, não é porque falhou que vai falhar sempre, não é porque traiu que vai trair sempre, não é porque faliu financeiramente que vai falir sempre...

Pessoas marcadas tem dificuldade de mudança.

Marcas são terríveis sobre a vida das pessoas, Zaqueu convivia com suas marcas.

O Senhor disse: "Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais" (Jr 29.11).


2- Pequena estatura:Zaqueu podia ser um homem complexado por ser uma pessoa de pequena estatura.

O complexo nos impede de crescer como pessoa.

Algumas coisas que causam complexos:

  • Complexo em relação ao seu corpo, talvez você não se encaixe no padrão de beleza estabelecido por alguém.
  • Complexo em relação ao local em que você mora;
  • Complexo por conta de como vive sua família;
  • O sobrenome que você tem ou não tem;
  • O lugar onde você nasceu;
  • Pobre demais...

Complexos nos impedem de crescer, a gente sempre acha que todo mundo é melhor do que a gente, só a gente não pode vencer, só a gente não pode ir pra frente, todo mundo pode, a gente não.

Complexo é coisa difícil de mudar, complexo é coisa complicada.

A pessoa complexada se entrega a limites que ela mesma estabeleceu pra sua vida. Se acha sempre menos do que todo mundo, se acha sempre pior do que os outros. Pessoas complexadas são difíceis de lidar, pessoas complexadas tendem a se vitimizar.

Entenda o valor que você tem. Você é preciso aos olhos do Senhor.


3- Distanciamento:Subir na árvore fazia com que Zaqueu se distanciasse da multidão.

A multidão era algo a ser evitado. A multidão criticava, a multidão fazia piada com ele, a multidão pisava no pé, a multidão espremia...

Estar em cima da árvore o isentava dos problemas que ele poderia ter com a multidão.

Muitas pessoas estão se isolando na vida, "subindo em árvores" pra ficar distantes dos outros.

  • Não vai a igreja porque não quer se misturar com as pessoas;
  • Não visita os parentes pra não passar por alguma discussão, algum aborrecimento;
  • Não participa de um evento de crescimento...

Muitas pessoas estão preferindo viver isoladas.

Se questionada essa pessoa dirá: Não gosto de estar junto porque sempre tem confusão, sempre tem algum problema, porque o "ser humano" é complicado...

Dificuldades nos trazem crescimento, lidar apenas com aqueles que nos são favoráveis, apenas com os que concordam com tudo o que a gente diz nos deixa acomodados e comodismo é um mal a ser combatido. Nós crescemos sempre com as contrariedades. Quem nos contraria nos faz prestar mais atenção nas coisas que estamos fazendo, nos fazem dar o melhor de nós...

A oposição é muito bem-vinda na nossa vida. Ela nos faz orar mais, se preparar melhor.

Quando a gente se isola, quando a gente fica em cima de uma de nossas árvores, quando a gente acha que não tem mais o que aprender, quando a gente acha que não tem ninguém pra nos ensinar mais nada, vem um mal chamado estagnação, esse mal nos impede de alcançar grandes conquistas.

O desafio é descer da árvore.

Na igreja: Procure uma célula mais próxima de sua casa, vá se envolver com as pessoas, faça a Escola de Líderes, se comprometa com os trabalhos da igreja, faça parte de um grupo (nossos grupos são Grupo de Mulheres, Grupo de Homens, Grupo de Jovens) isso te ajudará a crescer.

No trabalho: Está tendo uma palestra, está acontecendo uma palestra na sua área, uma oportunidade de reciclagem, participe, sempre tem coisa nova pra você aprender, vá receber orientação.

Na família: Tem um trabalho de casais, participe, tem um evento para jovens, participe, tem o grupo de homens, de mulheres... Participe. São bênção de Deus pra sua vida.

Jesus passa e ao ver Zaqueu diz:

"Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa" (Lc 19.5).

Isso é extraordinário! Ele me chamou pelo nome! Ele me conhece!

Essa pessoa que é marcada, essa pessoa que é complexada, essa pessoa que é isolada é vista, é percebida por Jesus.

Jesus está dizendo: Desce depressa porque hoje eu vou pousar em sua casa!

Jesus sabe o seu nome: "Mas agora, assim diz o SENHOR que te criou, ó Jacó, e que te formou, ó Israel: Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas estarei contigo, e quando pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti" (Is 43.1-2).

Não importa se você é uma pessoa marcada pelos outros, se todo mundo está o tempo todo lembrando de algo errado que você fez, não importa se você é complexado e por isso se acha pior ou menor que todo mundo, não importa se você tem se isolado por medo ou por vergonha, você tem sido sempre uma pessoa "na sua"... Não importa!

Zaqueu, desce depressa (as pessoas devem estar se falando - conhece ele? Vcs se conhecem?).

Quando ele desce, a bíblia faz uma declaração maravilhosa, nessa versão diz que ele recebeu Jesus com alegria, eu prefiro uma um pouco mais antiga que diz: Recebeu-o gostoso.

Recebeu-o gostoso e foi com Jesus pra casa.

A mudança: Em sua casa Zaqueu teve atitudes extraordinárias, ele mudou de vida, ele prometeu devolver se houvesse roubado, ele prometeu dividir sua fortuna com os pobres, Ele se tornou uma nova criatura.

Conclusão: Faça como Zaqueu, desça da árvore e corra para os braços de Jesus, receba-o com alegria, com gosto. Você vai vencer suas marcas, vai superar seus complexos vai sai do isolamento.

Você recebe uma outra oportunidade, você faz parte de uma outra família, você recebe um anel no dedo quando tem um encontro com Jesus.

A história de Zaqueu não é convite para subir em árvores, mas para descer delas.