No ventre adorando e adulto duvidando

18/06/2017

João Batista

Lc 1.5 Existiu, no tempo de Herodes, rei da Judéia, um sacerdote chamado Zacarias, da ordem de Abias, e cuja mulher era das filhas de Arão; e o seu nome era Isabel.

6 E eram ambos justos perante Deus, andando sem repreensão em todos os mandamentos e preceitos do Senhor.

7 E não tinham filhos, porque Isabel era estéril, e ambos eram avançados em idade.

8 E aconteceu que, exercendo ele o sacerdócio diante de Deus, na ordem da sua turma,

9 Segundo o costume sacerdotal, coube-lhe em sorte entrar no templo do Senhor para oferecer o incenso.

10 E toda a multidão do povo estava fora, orando, à hora do incenso.

11 E um anjo do Senhor lhe apareceu, posto em pé, à direita do altar do incenso.

12 E Zacarias, vendo-o, turbou-se, e caiu temor sobre ele.

13 Mas o anjo lhe disse: Zacarias, não temas, porque a tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João.

14 E terás prazer e alegria, e muitos se alegrarão no seu nascimento,

15 Porque será grande diante do Senhor, e não beberá vinho, nem bebida forte, e será cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe.

16 E converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor seu Deus,

17 E irá adiante dele no espírito e virtude de Elias, para converter os corações dos pais aos filhos, e os rebeldes à prudência dos justos, com o fim de preparar ao Senhor um povo bem disposto.


Onde será que ele deixou de ter certeza?

Ainda no ventre da mãe, João reconhece a presença de Jesus quando Isabel recebe a visita de Maria. Desde sempre os destinos dos dois meninos estarão ligados: o batista e o cordeiro de Deus, primos, companheiros de uma mesma missão.

"E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo.
E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre.
E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor?
Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre" (Lucas 1:41-44).

De acordo com as Escrituras, João foi cheio do Espírito Santo "já desde o ventre de sua mãe" (Lc 1.13-17).

A Bíblia também declara que ele vinha no espírito e poder de Elias. Os historiadores nos dizem que o ministério de João levou quase um milhão de pessoas ao arrependimento. Grandes multidões viajaram de suas cidades e aldeias para ir ao deserto para ouvir o profeta e ser batizado no arrependimento para se preparar para o reino de Deus.

Nenhum tipo de pessoa escapou do julgamento do Batista: soldados e reis, os pecadores e os líderes religiosos todos foram levados para o "vale da decisão". O batismo de João era mais do que uma simples imersão em água. Ele exigia uma confissão pública de pecados, bem como uma manifestação da justiça ( Mt 3: 6,8).

Porém quando Jesus veio para ser batizado, antes que os céus se abriram e o Espírito Santo viesse sobre Ele, João por causa da Santidade de Jesus foi confrontado pelo que ele realmente era, aquele que pregava o arrependimento de repente se viu diante da necessidade do arrependimento que ele mesmo tanto ensinou. Confira:

Mateus 3:11-17 - E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; cujas alparcas não sou digno de levar; ele vos batizará com o Espírito Santo, e com fogo.
Em sua mão tem a pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará.
Então veio Jesus da Galiléia ter com João, junto do Jordão, para ser batizado por ele. Mas João opunha-se-lhe, dizendo: Eu careço de ser batizado por ti, e vens tu a mim?
Jesus, porém, respondendo, disse-lhe: Deixa por agora, porque assim nos convém cumprir toda a justiça. Então ele o permitiu.
E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele.
E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.

Mas alguma coisa aconteceu, veja João Batista agora:

E João, chamando dois dos seus discípulos, enviou-os a Jesus, dizendo: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?
E, quando aqueles homens chegaram junto dele, disseram: João o Batista enviou-nos a perguntar-te: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?
E, na mesma hora, curou muitos de enfermidades, e males, e espíritos maus, e deu vista a muitos cegos.
Respondendo, então, Jesus, disse-lhes: Ide, e anunciai a João o que tendes visto e ouvido: que os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e aos pobres anuncia-se o evangelho.
Lucas 7:19-22

No ventre adorando e duvidando.

Onde será que ele deixou de ter certeza?

O que é que pode fazer mudar a sua fé?

O João que saltou de alegria no ventre, agora tinha dúvidas se ELE era mesmo o Cristo.

Você conhece pessoas assim também, já saltaram de alegria, hoje perderam a fé?

Algo semelhante já aconteceu com você?

Que tipo de coisas podem fazer esfriar o "fogo" da paixão por Deus?

Como resolver isso?

O alerta:

Eis que venho sem demora; guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa. Apocalipse 3:11

Palavra para o líder: 

Que os seus liderados possam ver o fogo da paixão por Jesus em sua vida.